Como escolher uma ação? – Tipos de análise

1
49
Ferramentas de análise: fundamentalista e Técnica
- Anúncios -

Como você escolhe uma ação? Você compra uma ação simplesmente por comprar? Ou pensa bastante, analisa e traça estratégias antes de investir?

Cuidado: Investir de qualquer jeito pode te levar a fazer várias coisas erradas… Você pode até mesmo enfrentar grandes perdas de dinheiro.

Nesse sentido, os investidores buscam utilizar alguns tipos de análise para auxiliar na escolha da ação para se investir.

Não somente, ferramentas de análise são essenciais para a formulação de estratégias de investimentos.

Em síntese, existem vários tipos de análise. Todavia, dois possuem maior relevância. Isso devido ao fato de que estes dois tipos de análise são as mais utilizadas pelos investidores.

A primeira delas é a Análise Fundamentalista, na qual se estuda a empresa em si. A segunda, é a Análise Técnica, na qual se estuda o histórico da cotação das ações de uma empresa.

Nesse sentido, em investimentos de médio e longo prazo – nos quais se busca o aumento do patrimônio atrelado ao crescimento da empresa – podemos dizer que a fundamentalista vai te dizer o porquê comprar (ou não comprar) determinada a ação.

Por outro lado, a análise técnica busca encontrar o melhor momento para comprar ou vender uma ação.

Logo, arrisco a dizer que o ideal é aliar fundamentos e gráficos: comprar a melhor empresa pelo menor preço possível, não é mesmo?

Sendo assim, entendemos brevemente sobre os principais tipos de análise no mercado financeiro.

Antes de falarmos sobre as análises, se você não tem clareza do que é uma ação, veja primeiro esse texto aqui. E depois volte para falarmos melhor sobre cada uma das análises.

A Análise Fundamentalista

Como já dito anteriormente, na análise fundamentalista existe a preocupação em se estudar e entender a empresa.

Em síntese, a sua metodologia é: compreender sua atuação no mercado, verificar qualidade e relevância de seu produto e verificar se a estratégia de gestão está alinhada às expectativas micro e macroeconômicas.

Não somente, é importante também a análise de dados administrativos, contábeis e financeiros da empresa.

Para isso, utilizamos as demonstrações financeiras fornecidas pelas próprias empresas a cada trimestre em seus sites, através do portal de Relacionamento com Investidores.

Num primeiro momento, pode parecer complicado fazer esta análise. Isso, pois, requer entendimento de balanços contábeis e também noções de economia e mercado.

No entanto, investir no valor da empresa e no lucro que ela gera é uma das formas mais seguras de se investir na Bolsa de Valores.

Por que? Oras! Investindo pela ótica fundamentalista é possível saber se a empresa é boa e se gerará lucros por muitos anos, mesmo que passe por certos momentos de turbulência econômica…

E ainda é possível entender que às vezes o preço da cotação da ação não reflete realmente o valor intrínseco da empresa:

É nessa hora que o investidor passa a enxergar quedas nas cotações como oportunidades de compra!

- Anúncios -

E é nessa hora que surgem as melhores oportunidades para se fazer muito dinheiro com relativa segurança!

Análise Técnica

A análise técnica se resume, basicamente, em tentar prever ou projetar o futuro baseando-se nos acontecimentos do passado.

Nesse sentido, estuda-se o histórico dos valores negociados de uma ação e seus volumes de compra e venda. Nesse histórico, é possível perceber alguns ciclos, tendências, padrões que, em vários casos, tornam possível a projeção da cotação futura da ação, auxiliando assim o investidor nas decisões de compra ou venda.

A saber, na Análise Técnica existem diversos métodos que podem ser utilizados, por exemplo:

Linhas de Tendência

As Linhas de Tendência nada mais são do que linhas traçadas a partir da observação do gráfico de cotação das ações.

Sendo assim, no gráfico identificam-se suportes e resistências para traçar linhas que indiquem os “próximos passos” na cotação das ações.

Abaixo, temos um exemplo de fundos e topos identificados em um gráfico e, a partir deles, as linhas de Tendência da Alta (LTA) e Tendência de Baixa (LTB) sendo traçadas:

Exemplo de linha de tendência

Médias Móveis Exponenciais

Alguns grafistas também utilizam as Médias Móveis Exponenciais ou EMA (Exponential Moving Average) que consistem na plotagem gráfica de um tipo especial de média que leva em consideração os preços de abertura ou fechamento das ações em determinado ciclo de períodos. (Períodos podem ser dias, semanas, minutos, meses…)

A ideia é de certa forma suavizar a variações nas cotações das ações, ou seja, aumentar a “inércia” para formar uma linha de tendência das cotações em determinado período.

Todavia, por ser uma linha de tendência, entende-se que a cotação das ações tende a, no futuro, voltar “à sua origem”.

Cada analista tem seu “set-up” com quantidades de linhas e quantidade de ciclos considerados em cada uma delas.

Dessa forma, veja abaixo na Figura 9 um exemplo de uma EMA de ciclo 50 dias (em azul) e outra de ciclo 200 dias (em vermelho) onde fica fácil perceber que a EMA (50) acompanha de forma mais próxima a cotação da ação do que a EMA (200) que possui uma maior inércia:

Exemplo onde há uma EMA de 50 dias (Linha Azul) e uma EMA de 200 dias (Linha Vermelha)

Prezando pela simplicidade

Em síntese, a análise técnica consiste em identificar no gráfico um histórico de padrões que podem se repetir no futuro. Portanto, um dos segredos da análise técnica é prezar pela simplicidade.

Sendo assim, ao invés de fazer projeções extremamente elaboradas, tente ver o que a maioria também enxergará.

O motivo? Simples:

Quando achamos que algo vai acontecer no futuro, a tendência é agirmos de acordo com essa leitura. Então… Quanto mais pessoas acharem que a ação vai subir, mais pessoas irão comprar agora para vendê-la no futuro. Quanto mais pessoas comprando, mais os preços irão subir… Compreendeu como funciona?

Outras Ferramentas

Por fim, além dessas ferramentas, existem ainda inúmeras outras, como sequência de Fibonacci, Boillinger e várias outras.

Desse modo, cabe a você investidor definir qual a sua estratégia e quais ferramentas mais se adequam a seu perfil e seus objetivos.

- Anúncios -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui